Tuesday, October 30, 2001

Nossa!!!!!! Que mancada...eu escrevi "logo abaixo" e a matéria tá "logo acima"...hehehehe
Seguinte: meu professor de edição disse que essa matéria tá muito "opinativa"...que tem muita opinião minha aqui, que eu chamo o Sílvio Santos de velho conhecido....
O que eu penso disso?
hehehe...vaisedanar.com.br...heheheh
bjoks, té mais.
E A TV CONTINUA A MESMA...

As emissoras de TV hoje em dia apostam em programas com formatos consagrados há anos e evitam a inovação. Ao mudar de canal ou olhar a lista de programas mais vistos, segundo o Ibope, percebe-se que uma grande parte das atrações exibidas seguem formatos tão antigos quanto a própria televisão.
As emissoras preferem investir em fórmulas já conhecidas para não correr riscos. Testar um novo tipo de programa, novos apresentadores, desconhecidos cantores, por exemplo, pode ser perigoso para quem luta diariamente para ser líder de audiência.
É muito comum ouvir as pessoas reclamarem dos repetidos programas das tardes de domingo, dos programas de calouros, de auditório, das telenovelas e até do próprio telejornalismo.
E não é só a forma do programa que se repete diariamente na TV. Apresentadores como Raul Gil, Hebe Camargo, entre outros, estão na televisão desde a década de 60. Cantores conhecidos pela mídia, que já venderam milhares de cds estão a toda hora nos mais conhecidos canais de televisão enquanto novos e bons cantores buscam aplausos em algum bar deste país.
Novos cenários, novos jingles, são algumas das poucas mudanças que vemos em alguns programas. O "Show do Milhão", do SBT, apresentado pelo velho conhecido Sílvio Santos, é uma reciclagem de "O céu é o limite", popularizado nos anos 50 por J. Silvestre. Outro exemplo de pouca renovação é o Jornal Nacional, da Rede Globo, apresentado desde os anos 60 com dois apresentadores lendo as notícias atrás de uma bancada.
Esta aposta nos programas já testados tem trazido as emissoras a garantia de audiência. Só resta saber até quando o público vai suportar a quantidade de atrações repetidas, sem inovação e muitas vezes sem qualidade.
PRIMEIRA MATÉRIA....

bom, logo abaixo vc vai ler minha primeira matéria neste blog...se não gostar, espero que volte mesmo assim, pois DIAS MELHORES VIRÃO...hehehe...